Compartilhe

VISUAL MERCHANDISING

Uma vitrine de bom gosto faz toda a diferença não só na apresentação dos produtos, mas também ao atrair clientes a entrar nas lojas. Decoração, música, iluminação, manequins, que, diga-se de passagem, estão cada dia mais reais, são os responsáveis por criar um ambiente de desejo para os consumidores e, consequentemente, gerar venda, fluxo de clientes e identidade da marca.

Seguindo esse conceito e conhecendo bem seus clientes em potencial, marcas de lingerie dos Estados Unidos e Europa são experts na hora de encantar com o visual merchandising de suas lojas, atraindo assim os clientes não só para consumir, mas também a viver uma experiência de compra.

Uma ideia bacana para as empresas de lingerie é criar as famosas “paredes” com modelos que conversam entrei si, aguçando o desejo de várias peças que podem ser usadas juntas ou não. Tecidos lisos como o Fluity®Sta. ou o Prima®Sta. podem ser misturados com transparências para um visual mais romântico ou sensual, e mesclados com estampas em bases mais leves e fluídas para as paredes de loungewear. É assim que trabalham marcas, como a Gap, Etam, Agent Provocateur, entre tantas outras.

Para as próximas coleções, que tal abusar da linha de produtos extensa que a Sta. oferece e criar “paredes” que atendam e encantem os seus clientes com misturas de diferentes estampas e tecidos?

Postado em: 11/03/2015

Veja também