Compartilhe

ENDEREÇOS DE CHARME EM FLORENÇA

A consultora de moda Costanza Pascolato tem uma relação estreita com a Toscana: nasceu em Siena e sua filha, Consuelo, mora em Florença há 20 anos. As visitas à cidade, portanto, são frequentes. “Apesar de ser muito procurada por turistas, há cantinhos escondidos que só quem mora conhece”, diz Costanza. “Minha filha descobre e depois me leva junto.”

Consuelo, diretora de estilo internacional da Santaconstancia, empresa de tecidos da família, dá as dicas: aTharros Bijoux é seu lugar preferido para comprar jóias – as peças têm estilo renascentista, com pérolas e relicários. Há dois outlets imperdíveis, com descontos de até 60%, a meia hora do centro: o da Prada (0039 0559 1901) e o The Mall, com marcas como Pucci e Fendi.

Para comer bem – e se divertir – a pedida é o Teatro del Sale, que serve jantar e apresenta espetáculos de dança por um preço fechado. Para quem prefere se hospedar em casas e apartamentos alugados, oRentop Florence tem bom custo-benefício. Para mais dicas sobre a região, o blog de Consuelo é uma fonte de pesquisa.

 

Onde ficar na Toscana

Colli Fiorentini – a villa do século 17 fica em San Vincenzo a Torri, próxima a Chianti. Apenas casais são aceitos. O atendimento é VIP, com governanta e chef particular. Boa pedida para viagens de lua-de-mel. Diária a partir de 1.210 euros.

Aia Mattonata Relais – um mix de ótima localização (uma casa do século 17 com vista para as montanhas de Siena), com serviço e preço justo. Diárias a partir de 270 euros.

Pensione Sorelle Bandini – é um dos lugares mais românticos para se hospedar em Florença. Os quartos são enormes e suas varandas têm vista para o Palácio Pitti. Foi locação do filme Chá com Mussolini, de Franco Zefrelli. Diárias a partir de 115 euros. Tel. (0039) 5521 5308.

 

Onde comer

Renato Caparica, sócio do restaurante Villa Cioé – referência em comida toscana em São Paulo – indica seus restaurantes preferidos:

1 – Il Falconiere, Cortona – o restaurante fica dentro de uma sofisticada villa. Tem uma adega enorme, com carta de vinhos que parece um livro.

2 – Bacco, Montalcino – tratoria pequena e aconchegante. Os donos – pai, mãe e filho – servem as mesas. Não existe cardápio e os aperitivos são improvidados na hora. Via Dell’Arco del Monte, 94. Tel.: (0039) 6880-5349.

3 – La Corte Dei Papi, Cortona – fica no alto de uma colina, em uma casa do século 7. O bacalhau com legumes é delicioso. Durante o verão, há mesas ao ar livre no jantar.

4 – La Taverna del Granducato, Siena – lugar simples e barato, com sanduíches fartos, recheados de presunto cru e bresaola (presunto de carne bovina). A melhor porchetta (tipo de lombo pequeno prepraraco com pele) da cidade é servida ali.

Postado em: 31/05/2011

Veja também