Compartilhe

BRONZEAR É PRECISO, DESCASCAR NÃO!

Bronzear é preciso, descascar não.

Desde que madame Chanel pegou aquele sol na Riviera Francesa e voltou para Paris da cor do pecado que a alvura da pele deixou de ser glamour e passou a ser mais um acessório da mulher que está bem e na moda. Nos anos 20 ainda existir umna bela camada de ozônio em torno da Terra, hoje não e apesar de ser sexy uma marquinha de biquini, o sol pode fazer estragos.

Ok! isso posto quando você vai pegar sol pra ficar com cara de saudável e bonita, faz tudo certinho e passa protetor solar, não se expõe demais, usa hidratante pós-sol, mas mesmo assim descasca a pele bronzeada.

Preste atenção: quando a pele começa a descascar é um aviso do corpo de que foi queimado demais e o descascado nada mais é do que as células mortas indo embora. Tente diminuir o tempo de exposição, use chapéus e se proteja mais ainda na próxima vez que for se bronzear na praia ou piscina. E existem níveis e níveis de descascados de pele no verão: aquele basiquinho no nariz, os cheios de bolhas, as peles de cobra bem ressecadas!

Há alguns casos que apenas um bom hidratante resfrescante, sem cânfora é suficiente. Mas se abusar pode ser necessário passar um pós-sol daqueles poderosos para queimaduras, em outros casos até precisa de hospital!!! Espero que nunca seja esse seu caso!

E para os descascados mais comuns, sem bolhas, indico para ajudar a pele a definitivamente a eliminar, sem agredi-la, das células ressecadas e mortas: use um esfoliante suave no banho e depois faça uma boa hidratação.

Outro truque também para não ficar toda hora arrebitando mais pelinhas é usar um bom óleo vegetal para o corpo antes de sair do banho.

Mas o melhor mesmo é diminuir o tempo no sol para ficar com a cor por mais tempo sem descascar. Contraditório, mas verdadeiro e bem mais chique para os dias de hoje e seus raios UVA e UVB.

Lili Ferrari
Postado em: 12/03/2015

Veja também