Compartilhe

A ERA DIGITAL ESTÁ MATANDO O DESFILE?

The New York Times publicou um dos artigos mais importantes sobre as novas direções que o mundo está tomando no ramo da moda, como reação à revolução digital. O texto é da grande crítica de moda, Vanessa Friedman, que veio do Financial Times e une uma opinião de moda com o lado business e o momento cultural. Acho o jeito que ela desenvolve cada idéia genial.

Neste artigo ela responde à pergunta que tem sido discutida há anos no mundo fashion: com a era digital, desfiles servem ainda? Ela começa contando como três grandes nomes: Kanye West, Diane Von Furstenberg e Burberry estão abandonando o sistema tradicional de mostrar a coleção em desfiles.

Dalí ela desenvolve contando como o consumidor final hoje em dia exibe product fatigue (fadiga do produto). Ou seja, quando uma peça chega à loja, por já ter sido visto no Twitter, Snapchat, Instagram e Red Carpets (além das copias na Zara, H&M, etc), ele não é mais novo ao olho do comprador. E por último, Friedman diz que o Council of Fashion Designers of America chamou um consultant para sugerir que estrada tomar. Qualquer seja a sugestão, todas as 4 semanas de moda (Nova Iorque, Londres, Milão e Paris) terão que aceitar as mudanças, o que é muito improvável no futuro próximo devido ao business que os fashion weeks trazem às cidades (hotéis, restaurantes, taxis, motoristas, etc.). Bem explico muito mais, e melhor, no vídeo que fiz para o Snapchat (Assista na Íntegra)

Várias pessoas no Snap me disseram que realmente o digital também está influenciando fortemente a decoração, educação e até mudando a vida dos dentistas!

Por-Consuelo Blocker

 

Ilustração de Anna Parini
Vanessa Friedman do The New York Times
Diane von Furstenberg
Para me seguir, basta acessar ao Snapchat e tirar uma foto deste fantasminha!
Postado em: 18/02/2016

Veja também